Joel Santana, apesar do pouquíssimo tempo de trabalho, cumpriu seu objetivo fora de campo. Com seu jeito "romântico", o novo comandante devolveu a alegria ao ambiente rubro-negro.

O semblante fechado de todo o início de temporada foi trocado por sorrisos espontâneos. O silêncio durante os treinos deu lugar às conversas e brincadeiras. E assim, aos poucos, Joel vai conduzindo seu trabalho com o tradicional jeito extrovertido.

"Conheço o Joel de 2005, mas ele agora está mais romântico. E também com uma facilidade muito maior de conduzir o grupo. Em muito pouco tempo, ele já ganhou o grupo. Estamos conseguindo ter uma harmonia muito grande, uma alegria que infelizmente não estava acontecendo no primeiro mês da temporada, mas isso sem esquecer a seriedade do trabalho. Vai fazer muita gente dar risadas, mas também é competente o suficiente para conquistar bons resultados dentro de campo", destacou o meia Renato Abreu.

"Precisávamos desta sintonia fora de campo. Era justamente o que faltava. Além disso, toda mudança gera uma motivação natural. Todo mundo quer mostrar serviço. Isso mexe com todo mundo, deixa o ambiente alto astral, e agora temos que transferir isto para dentro do campo. A postura tem que ser a mesma daquela partida com o Potosí, com muita motivação e alegria", acrescentou o jogador.
Previous
Next Post »